Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Domingo, 17 Novembro, 2019

Role para cima

Top

Booking.com revela as oito principais tendências de viagens para 2020

Booking.com revela as oito principais tendências de viagens para 2020

A mudança de ano (e década) anda de mãos dadas com uma mudança nas nossas necessidades, desejos e comportamentos de viagem. O mundo atual, como os viajantes, está em movimento contínuo.

A Booking.com espera que até 2020 as viagens atinjam níveis sem precedentes, impulsionados pela tecnologia, pelo crescente senso de responsabilidade e por uma maior conexão com as pessoas e os lugares que visitamos.

De acordo com o estudo realizado com mais de 22.000 viajantes de 29 mercados e as informações fornecidas por mais de 180 milhões de comentários confirmados de clientes, serão estas  as tendências de viagens que podemos esperar ver no próximo ano e no seguinte.

 

1 — Aumento do número de viajantes que escolherão “destinos secundários”

O turismo para destinos secundários (lugares menos conhecidos) para tentar reduzir o excesso de turismo e proteger o meio ambiente dará um grande salto no próximo ano. 54% dos viajantes globais querem fazer algo para ajudar a reduzir o turismo excessivo, enquanto 51% estariam dispostos a mudar seu destino original para um destino menos conhecido, mas semelhante, se isso reduzisse seu impacto ambiental.

E, para reunir ideias, 60% dos viajantes globais gostariam de ter acesso a um serviço (app / web) que recomendasse destinos onde um aumento no turismo teria um impacto positivo na comunidade local.

Espera-se que haja empresas que respondam a essa procura com novas funções que facilitem aos viajantes a tarefa de identificar destinos secundários, considerando suas preferências e propondo destinos alternativos ou menos conhecidos no país ou região de sua escolha que atendam a essas preferências. . Da mesma forma, uma maior colaboração no setor de viagens resultará em mais campanhas de conscientização e esforços para melhorar as infraestruturas e, assim, incentivar os viajantes a escolher lugares menos conhecidos.

2 — Espere o (tecnologicamente) inesperado

Em 2020, os viajantes deixarão ainda mais os aspetos principais do processo de tomada de decisão nas mãos da tecnologia. Decidir que local do nosso incrível planeta queremos visitar ou qual excursão escolher pode ser complicado, portanto, no próximo ano veremos novas tecnologias que nos ajudarão a decidir com mais facilidade.

As recomendações inteligentes, baseadas em tecnologia, vão permitir aceder  a uma ampla variedade de novas experiências que, de outra forma, talvez nunca se tenham cruzado no nosso caminho, além de nos ajudar a economizar tempo (também o que gastamos em frente ao ecrã) e para maximizar todos os momentos de nossas férias.

Boas notícias para 59% das pessoas que dizem que querem que a tecnologia proponha opções que as surpreendam com algo totalmente novo no próximo ano. Além disso, 46% dos viajantes globais dizem que usarão um aplicativo que permita pesquisar e reservar atividades de maneira fácil e rápida em tempo real, enquanto viajam, e 44% projetam usar um aplicativo para organizar as atividades com antecedência e ter todas as respostas num só lugar.

Para atender a essa procura em 2020, veremos ainda mais aplicativos baseados em inteligência artificial que oferecerão sugestões personalizadas de destinos, acomodações e coisas para fazer, com base nas suas preferências atuais, viagens anteriores e fatores contextuais importantes, como clima e popularidade.

 

3 ­— Slo-Mo é o novo FOMO

Em vez de experimentar constantemente esse medo de perder alguma coisa (FOMO) e tentar apressar-se o máximo possível, as viagens em 2020 serão realizadas com mais calma. Em 2020, 48% dos viajantes planeiam escolher meios de transporte mais lentos para reduzir seu impacto ambiental e 61% preferem escolher uma estrada mais longa para aproveitar a viagem.

Alguns meios de transporte que contribuirão para  essa melhoria ambiental são a bicicleta, o elétrico, o barco e nossas próprias pernas. De fato, 57% dos viajantes não se importariam de demorar mais para chegar ao destino usando um único meio de transporte.

Da mesma forma, 64% gostariam de ter a sensação de voltar no tempo, e fazer uma viagem num combóio histórico (por exemplo, o Orient Express). Prepare-se para um ano de viagens especiais com um ritmo mais relaxado.

 

4 — Escapadelas com uma variedade de experiências

Num mundo em que as mudanças acontecem rapidamente, a maioria das pessoas passa pouco tempo, também de férias. Os viajantes tentarão usar o seu tempo da maneira mais eficiente possível. Assim, até 2020, em vez de escolher um único tema para suas férias, as pessoas optarão cada vez mais por destinos que oferecem uma ampla variedade de experiências e atrações enriquecedoras, destino que reúna todas as suas atividades e locais de interesse favoritos e 62% concordam que escolheriam um lugar onde todas as atividades e atrações de seu interesse sejam próximas, para economizar tempo. Sabendo disso, espera-se que o setor continue  a facilitar para os viajantes, itinerários cheios de variedade, ofertas e rotas para ajudá-los a aproveitar ao máximo o destino escolhido.

Ao pensar num destino com tudo isso, por exemplo, uma paisagem natural surpreendente, que pode  ser admirar da varanda do seu alojamento, locais históricos de interesse, praias e parques incríveis para relaxar após um dia inteiro de turismo e restaurantes locais fantásticos para desfrutar de um bom jantar, os viajantes da Booking.com mencionaram Montevidéu (Uruguai), Ilhabela (Brasil) e Naha (Japão) como principais destinos, entre outros, que oferecem experiências de todos os tipos.

5 — Animais de estimação como prioridade

55% das pessoas que têm animais de estimação em todo o mundo consideram-os tão importantes quanto  os seus filhos, portanto, não é de surpreender que em 2020 as férias giram em torno deles. Veremos como os viajantes colocam as necessidades dos seus amados animais de estimação antes das suas próprias ao escolher destino, acomodação e atividades.

Globalmente, 42% das pessoas que têm animais de estimação concordam que no próximo ano escolheriam um destino de férias, dependendo de se  podem ou não levar o animal, e 49% estariam dispostos a pagar mais para ficar num alojamento que aceite animais de estimação

De acordo com essa tendência, o número de acomodações que aceitam animais de estimação continua a aumentar, enquanto as acomodações em todo o mundo continuarão à procura de  maneiras inovadoras de apostar em serviços e propostas personalizadas para animais de estimação, como camas gratuitas para cães, SPAs para animais de estimação, carta de serviço de quarto especializada e restaurantes projetados especificamente para animais de estimação. Sem dúvida, os animais de estimação também podem esperar uma experiência de cinco estrelas durante as férias.

 

6 — Escapadas para (se sentir) jovem

2020 será o ano dos maiores e menores, já que mais avós sairão de férias com seus netos, deixando a geração intermediária em casa. 72% dos avós concordam que passar mais tempo com os netos os ajuda a se sentirem jovens e 71% acreditam que os pais precisam passar mais tempo sozinhos, sem os filhos.

Se somarmos a isso o fato de que a atual geração de avós tem melhor saúde e mais desejo de aventuras e de continuar a sentir-se jovem mais  do que nunca, no próximo ano veremos um aumento na procura por férias que ofereçam uma série de experiências ativas para as duas gerações, mais velhos e os mais jovens.

7 — Reservas para experiências gastronómicas

No ano que vem, as preferências culinárias terão mais peso no processo de tomada de decisão dos viajantes, portanto, reservar uma mesa nos restaurantes mais cobiçados vai  tornar-se- numa corrida real.

Para muitos, o fato de poder reservar uma mesa em locais altamente cobiçados (alguns com meses de lista de espera) será o ponto de partida e até o principal fator ao decidir para onde e quando viajar. Com um apetite aberto pela abundância de recomendações e conteúdos disponíveis nas redes sociais, os viajantes desejam uma mesa nos restaurantes mais conhecidos.

As joias  ocultas, ou seja, os lugares favoritos da população local que serve culinária caseira e não é atração turística, são as que mais provavelmente encantarão os viajantes que procuram experiências gastronómicas locais, considerando que  71% dos viajantes globais consideram importante consumir produtos locais durante as férias.

Em resumo, no próximo ano, os viajantes articularão os seus planos de férias em torno da oferta culinária do destino, com o objetivo de ser o primeiro a provar as iguarias locais, antes que novos atores entrem no cenário gastronómico.

 

8 — Planos de viagem de longo prazo

Por um lado, a reforma está cada vez menos associada ao fato de se atingir uma certa idade e se afastar do mundo do trabalho e, por outro, o número de pessoas que pretendem solicitar a aposentadoria precoce continua a aumentar.

Consequentemente, não surpreende que este período da vida comece a ser visto como sinónimo de viagens e aventuras. 23% dos jovens entre 18 e 25 anos gostariam de se aposentar antes de completar 55 anos e também têm a ideia de mudar muito presente. Em 2020, veremos uma mudança de mentalidade entre os viajantes, que começarão a pensar em  grande em relação aos seus anos dourados, já que 65% dos viajantes globais acham que viajar é a maneira perfeita de investir tempo livre.

47% dos viajantes globais pretendem dar mais liberdade ao seu espírito aventureiro ao tomar decisões sobre  as suas viagens quando se aposentarem, enquanto 19% dos que já estão aposentados planeiam fazer um período sabático, ou seja, viajar vários meses seguidos, algo que 52% dos viajantes acredita que pode ser feito em qualquer idade.

Agora que reforma e viagem são dois conceitos que associam diferentes faixas etárias, esperamos ver produtos que ajudem os viajantes a começar a planear  a sua reforma, por exemplo, por meio de soluções de economia que lhes permitam financiar as maiores férias da suas vidas