Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Quinta-feira, 12 Dezembro, 2019

Role para cima

Top

O RevPAR ajuda a melhorar a rentabilidade do seu hotel

O RevPAR ajuda a melhorar a rentabilidade do seu hotel

O RevPAR significa Revenue Per Available Room, (receita por quarto disponível). Para se entender melhor não é mais do que o benefício económico que obtemos por quarto num determinado período, tenha sido ou não ocupado.

O RevPAR é um dos KPIs mais importantes, pois permite verificar a rentabilidade do seu estabelecimento e, melhor ainda, permite verificar a eficácia do Revenue Management.

 

Como é calculado?

Existem duas maneiras de o calcular:

Um deles é multiplicar a ocupação do hotel pela taxa média diária.

O outro é dividir a receita entre os quartos disponíveis. O rendimento é obtida multiplicando o preço pelos quartos vendidos e os quartos disponíveis, multiplicando os dias analisados ​​pelos quartos do estabelecimento.

 

Como aumentar o RevPAR?

O mais fácil é aumentar o preço na temporada alta  e baixá-lo na temporada baixa, mas nem sempre é aconselhável. Recomendamos que  analise seus clientes com as ferramentas mais úteis e descubra o que eles desejam e quanto estão dispostos a pagar por isso.

 

Agora, vamos dar algumas ideias para os  seus estabelecimentos.

 

1 – Programa de fidelização

Este é um dos instrumentos mais atraentes. Existem duas variantes principais: o sistema de pontos e o desconto instantâneo. Embora os viajantes geralmente prefiram o desconto instantâneo sobre o preço final, o hotel pode escolher o que é mais interessante e, acima de tudo, o seu CRM ou mecanismo de reservas que permita a sua   concretização

 

2 – Vender experiências

Os clientes procuram experiências únicas e estão dispostos a pagar se realmente valerem a pena. Além da qualidade das instalações, tenha uma equipe profissional que faça com que o hóspede se sinta especial.

 

3 – Venda direta e venda cruzada

O upselling nada mais é do que oferecer aos seus clientes atuais ou potenciais um produto melhor do que  eles compraram ou pelo qual estão interessados. Por exemplo, um quarto com Netflix e um colchão extraordinariamente confortável.

A venda cruzada consiste em oferecer um produto complementar. Por exemplo, alguma atividade na sua cidade, como um evento ou uma excursão, chegando a um acordo comercial com as empresas que os  gerem.

 

Estas são algumas das nossas recomendações. No entanto, não devemos esquecer que, para realizar uma boa gestão do  estabelecimento turístico e para tornar as experiências dos hóspedes únicas, será necessário ter um bom mecanismo de reservas, um gerente de canal e, mais importante, um PMS como MasterYield que integra todas as ferramentas numa só.

 

 

Jorge Castilla Weeber, MasterYield

CFO & Co-Fundador da  MasterYield

http://www.masteryield.com