Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Quinta-feira, 6 Agosto, 2020

Role para cima

Top

Motores para hotéis independentes: há luz ao fundo do túnel

Motores para hotéis independentes: há luz ao fundo do túnel

Ignorando as facilidades e focando-nos no  que entendemos como verdadeiramente importante, os  sete pontos diferenciais, que tornarão o seu motor de reservas, numa solução mais útil e poderosa, que o ajudará a identificar o que mais lhe interessa, e a  facilitar a tomada de decisão

Situação: Tem ou trabalha num hotel independente. 
Precisa de um mecanismo de reserva, tudo bem, se ainda não se comprometeu com nenhum, ou se não está satisfeito com seu fornecedor atual.

Pesquisa no Google, a oferta é interminável e os resultados muitas vezes não correspondem ao desejado. Dúvidas.  Entra 
no Facebook e junta-se ao Revenue Management World, Grupo de Jaime López-Chicheri. 
Dão-lhe as boas-vindas, apresenta-se e sente o terreno.  
O motor que cada um usa é obviamente o melhor, novamente 
dúvida, em desespero consulta os seus colegas de profissão, e depara-se com as opiniões mais dispares o que leva a ter ainda mais dúvidas.
As suas preocupações básicas continuam. O preço preocupa-o, quanto terá que pagar por reserva. Mas também a complexidade da configuração, a facilidade do uso, a capacidade de se integrar com os seus sistemas, o potencial de fidelização, a oferta de ferramentas complementares, o aumento das receita e a redução de custos que prometidos, suporte humano, cronograma de suporte
técnico, etc. Entendemos as suas dúvidas. Primeiro, queremos transmitir-lhe que o script descrito é um esboço baseado em eventos reais e constitui o pão nosso de cada dia.

Na Paraty Tech, estamos muito acostumados a aconselhar clientes e temos a certeza de que muitas das incógnitas que compõem esta equação podem ser resolvidas de uma maneira simples.
Empresas como Paraty Tech, dependem diretamente do sucesso de outras empresas como a sua, e gastam a maior parte dos seus recursos para minimizar as dúvidas de pessoas que, como você, enfrentam a escolha de um parceiro tecnológico.
Com este artigo, pretendemos lançar um pouco de luz sobre o que importa Ignorando as facilidades e focando no que entendemos como verdadeiramente importante, os seguintes sete pontos  diferenciais que farão com que o seu mecanismo de reservas seja uma solução mais útil e poderosa que o ajudará a identificar aquilo que mais lhe interessa, e que facilitará a tomada de decisões importantes

1. Account Manager atribuído
A contratação de um motor de reservas deve ser muito mais do que adquirir tecnologia simples (ou complexa), Deve exigir o acompanhamento por parte de um account manager designado que,
primeiro, facilitará o processo de transição e configuração Inicial e, em seguida, esteja ao seu lado diariamente para aconselhá-lo, alertá-lo, apoiá-lo, facilitar-lhe o trabalho, treiná-lo e oferecer suporte técnico permanente. Em definitivo, para acompanhá-lo e facilitar o seu relacionamento com o novo
ambiente de trabalho tecnológico.

2. Business Intelligence
Insistimos na importância dos dados. Como diz o grande Chema Herrero, sem dados, não há paraíso. Quando tudo indica que vamos sem freio em direção à revenue one-to-one, saber
o que os seus clientes procuram, para quando as hot dates e as datas com rácios mais baixos, é simplesmente decisivo.
Verifique se o seu motor de reserva possui um BI de vendas e disponibilidade, através do qual a obtenção, extração e análise de  dados seja uma tarefa simples. Uma das três principais novidades
que apresentamos no Fitur 2020, foi precisamente o nosso BI renovado.

3. Integração
A todos os níveis. Com gateways e métodos de pagamento, mecanismos de meta-pesquisa, channel manager, Property Management System (PMS), Customer Relationship Management (CRM) etc. Não deixe  que ninguém o convença de que precisa desistir da sua metodologia de
trabalho para contratar seu motor. Isso é tarefa do fornecedor de tecnologia, não sua.

4. Mecanismo de reserva para dispositivos móveis
Não responsivo mas um mecanismo projetado especificamente para dispositivos móveis, nos quais a velocidade é a forma de procurar garantir a melhor experiência do usuário. E não podemos esquecer que quase metade das reservas vem através de smartphones, tablets e phablets. É por isso que não se pode aceitar um motor que simplesmente não se adapte.
Esta foi precisamente a segunda das novidades que apresentamos na IFEMA, o nosso novo mecanismo de reservas para dispositivos móveis. Porque não há dúvida: Mobile first.


5. Ferramentas internas de revenue management in-house

Mais cedo ou mais tarde, pode considerar incluir no seu arsenal  tecnológico ferramentas que tornam o seu dia a dia mais produtivo.
Ter um único fornecedor de tecnologia traduz-  -se em maior otimização,  agilidade e integração, e a Paraty Tech é a única que desenvolve tudo o que oferece.
Na Fitur, a Paraty Tech lançou o Kameleon a estrela 100% configurável, que combina todos as soluções Paraty Tech de revenue management, numa única plataforma, com um painel sem igual.

6. Vários métodos de pagamento
O PSD2 trouxe muitas dores de cabeça, mas também foi uma oportunidade de diferenciação
Faça isso através da oferta de métodos de pagamento, certificando-se que seu motor vai além da passarela de pagamentos e transferência bancária. Bizum, PayPal, Amazon …a lista e extensa.

7. Fidelização
Se não deseja que os seus clientes fiquem one hit wonders, não se esqueça de perguntar pelos módulos de fidelização que farão parte do seu motor de reserva. Não importa qual é o tipo do seu hotel. Os clubes de fidelização são uma fonte de dados inestimáveis, muito lucrativos, e oferecem, além disso, a possibilidade de se diferenciar das OTAs e dos seus concorrentes.

 

Sobre o Autor:
David Madrigal é COO da Paraty Tech. Desenvolveu a sua
carreira no setor de turismo.
www.paratytech.com