Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Sexta-feira, 24 Setembro, 2021

Role para cima

Top

Os artigos mais surpreendentes que podem ser roubados nos hotéis

Os artigos mais surpreendentes que podem ser roubados nos hotéis

É frequente os hóspedes levarem dos quartos dos hotéis sabonetes ou esferográficas . Mars outros hóspede mais audazes levam, outros itens mais valiosos como aparelhagens sonoras, televisores, pianos, colchões ou acessórios de adorno do quarto. 

O sstudo foi realizado por Wellness Heaven, que entrevistou 1.157 hoteleiro e lhes perguntou, quais são os artigos mais roubados por alguns hóspedes. Concretamente o estudo demonstra que há comportamentos muito diferentes entre os que roubam hotéis mais modestos e os que roubam em hotéis de alta gama. A primeira conclusão: a maioria dos roubos feitos por hóspedes são toalhas e roupões, cabides, canetas e também talheres. Mas, além desses roubos de itens ’comuns’, há uma série de itens atípicos e até incríveis que, para serem roubados, exigem uma enorme de imaginação.

Os roubos mais estranhos

—Acessórios para casa de banho

É preciso ir bem equipado para o hotel para roubar  um sistema de chuveiro, um assento de sanita, o sifão de uma pia ou até mesmo uma pia , como relatado por um hotel de Berlim ao Wellness Heaven.

—Um piano de cauda

Um hoteleiro italiano comentou que uma vez ao passar pelo hall do hotel  notou que o piano de cauda não estava lá. ” Disseram-me  que três homens com roupas de trabalho tinham levado o piano. Logicamente, nunca apareceu.

—Os números dos quartos

Num hotel inglês, um hóspede levou o número do quarto. “Não nos apercebemos até que o próximo hóspede nos contou não conseguiu encontrá-lo”, disse-nos o gerente do hotel.

—Troféu de caça

Num hotel francês, um hóspede foi apanhado  em flagrante quando tentava roubar a cabeça de um javali pendurado na parede. Pouco tempo depois, recebeu o troféu: os seus amigos decidiram comprá-lo ao hotel e dar-lhe como presente de casamento.

—Um banco de sauna

Num hotel muito perto de Salzburgo, levaram o banco da sauna do hotel. A sauna estava localizada no terraço da suíte de spa do hotel. Os bancos, feitos de madeira de pinheiro, despertaram a curiosidade do hóspede. Até que outros hóspedes perguntaram no hotel onde se podiam sentar para usarem a  sauna,  o hotel não tinha detetado o roubo. Desde então pregaram o  banco ao chão. O roubo ainda hoje é um mistério.

—Equipamento hi-fi (Alta Fidelidade)

O dono de um hotel alemão explicou que numa ocasião todo o sistema estéreo desapareceu da área do spa. os ladrões aparentemente desmontaram todos os equipamentos de som durante a noite e o carregaram-nos nos seus carros  antes de saírem do hotel.

—Roubos, dependendo da nacionalidade

Quando se  classificam os ladrões por nacionalidade, uma imagem muito concreta emerge. Os hóspedes alemães e britânicos levam toalhas, roupões, cosméticos e produtos de higiene pessoal.

Em contraste, os austríacos tendem a levar pratos e  máquinas de café. Para os americanos, travesseiros e pilhas aparecem como seus principais objetos de desejo.

Os italianos optam por taças de vinho, enquanto o secador de cabelo é algo que os hóspedes suíços gostam muito. Os franceses são os mais espetaculares neste ranking wellness heaven: são atraídos por televisores e controles remotos.

Os hóspedes holandeses são muito práticos do que tiram do hotel: lâmpadas e papel higiénico estão entre seus favoritos.

O que se roubam nos hotéis de 5 estrelas?

Para realizar este estudo, também foram entrevistados 634 hoteleiros de hotéis 4 e 5 estrelas. E sim, a ganância ganha entre os hóspedes que visitam esses hotéis de luxo.

A probabilidade de a televisão de alta qualidade ser subtraída em hotéis cinco estrelas é nove vezes maior quando comparada com hotéis de quatro estrelas. Da mesma forma, obras de arte são alvos de desejo nos hotéis de luxo (5,5 vezes mais propensos a serem roubados). Tablets e colchões também são frequentemente roubados neste tipo de acomodação de luxo.

No entanto, os hóspedes de hotéis de quatro estrelas levam “presentes” menos espetaculares e valiosos. Toalhas e cabides são mais procurados nesses hotéis do que nos de cinco estrelas. Pilhas e controles remotos também desaparecem assiduamente (3,1 e 4,9 vezes mais do que em hotéis 5 estrelas).

A isto tudo À ainda que acrescentar,  os cobertores, as cafeteiras e os colchões de luxo. No entanto, como é  que esses itens volumosos são levados sem que ninguém perceba ainda é um mistério. No entanto, alguns hoteleiros comentam que os hóspedes levam os colchões à noite, e transportam-nos em elevadores que vão diretamente para a garagem.