Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Terça-feira, 26 Outubro, 2021

Role para cima

Top

Turismo de Portugal e entidades regionais cancelam presença na BTL

Turismo de Portugal e entidades regionais cancelam presença na BTL

Turismo de Portugal e entidades regionais atendendo às recomendações da DGS referentes ao surto do Covid-19 cancelam a  presença na Bolsa de Turismo de Lisboa que começa dia 11 de fevereiro na FIL em Lisboa.

Em comunicado, o Turismo de Portugal IP e as Entidades Regionais de Turismo do Algarve, Alentejo e Ribatejo, Centro de Portugal, Região de Lisboa, Porto e Norte de Portugal, bem como as Secretarias Regionais de Turismo dos Açores e Madeira e respectivas Agências de Promoção Externa não vão participar na edição de 2020 da BTL, justificando  que de acordo com “as últimas recomendações da Direção-Geral da Saúde no que toca à organização de grandes eventos”  entende não estarem reunidas ”as condições para manter a sua participação na BTL 2020 na data prevista.

Vão contudo tentar manter  algumas ações previstas em formato digital”, e para isso  juntamente com o Nest– Centro de Inovação do Turismo, o Turismo de Portugal “irá realizar o programa de “Hosted Buyers” (Uma parceria do Turismo de Portugal, com aTAP e AIP,  que junta em reuniões bilaterais cerca de 200 compradores internacionais com 300 empresas nacionais) numa plataforma digital que está a ser desenvolvida em conjunto com parceiros do NEST – Centro de Inovação do Turismo”.

 

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, informou, que está em contacto com a organização da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), e admite diligências tendentes ao adiamento do evento.

 

Update do covil-19O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, já provocou cerca de 3.307 mortos e infetou mais de 96 mil pessoas em 83 países, incluindo oito em Portugal. Das pessoas infetadas, cerca de 53 mil recuperaram.A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.