Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Terça-feira, 7 Abril, 2020

Role para cima

Top

UNWTO convoca Comité Global de crise do Turismo

UNWTO convoca Comité Global de crise do Turismo

No dia 19 de março, a Organização Mundial do Turismo (UNWTO)organizou uma reunião virtual de alto nível, reunindo as principais agências da ONU, os presidentes de seu Conselho Executivo e comissões regionais e os líderes do setor privado.

do Secretário-Geral da UNWTO para fazer parte de um Comité Global de Crise do Turismo, formado quando a UNTWO se prepara para lançar um guia global de recuperação. O Comité liderado pela UNTWO realizará reuniões virtuais regulares, refletindo a necessidade de ação coordenada e eficiente dos setores público e privado, governos, instituições financeiras internacionais e Nações Unidas.

Desde o início da pandemia, a UNWTO tem trabalhado em estreita colaboração com a Organização Mundial da Saúde (OMS) para orientar o setor turístico à medida que enfrenta o desafio COVID-19. Esta reunião, sediada em Madrid, mas conduzida virtualmente por razões de saúde pública, enfatizou ainda o apelo à cooperação internacional para uma resposta unida com base nas mais recentes recomendações de saúde pública e refletindo a fundo sobre o efeito de cascata e custo social da pandemia.

 

Sem precedentes

“Esta emergência de saúde pública sem precedentes já se tornou uma crise económica que terá um custo social”, disse Zurab Pololikashvili, da UNWTO. O secretário-geral acrescentou que o turismo “é o setor mais atingido e todas as nossas melhores estimativas foram ultrapassadas pela realidade em mudança”.

Sem qualquer certeza sobre quanto tempo esta crise vai durar ou qual será o impacto económico e estrutural final no turismo, todos os participantes estavam unidos na profunda preocupação com os milhões de empregos que correm o risco de serem perdidos. Com as pequenas e médias empresas que compõem 80% do setor em todo o mundo, o maior impacto social da crise irá muito além do turismo, tornando-se uma preocupação fundamental para a comunidade internacional.

 

A coordenação é primordial

O turismo provou no passado ser um parceiro confiável para liderar a recuperação das sociedades e comunidades, mas apenas se as políticas económicas dos governos e os pacotes de apoio das agências de financiamento refletirem como o setor toca em cada parte da sociedade.

“Os meios de subsistência de milhões de pessoas e suas famílias estão em jogo, seja em centros urbanos ou em comunidades remotas onde o turismo às vezes é o principal gerador de receitas e um veículo para inclusão social, protegendo o património e iniciando o desenvolvimento”, comentou Pololikashvili.

Isso requer reconhecimento político e cooperação entre os ministérios, envolvendo os setores público e privado e tendo como pano de fundo planos de ação mais amplos por parte das instituições financeiras e dos organismos regionais.

Recomendações da UNWTO para recuperação

Nos próximos dias, a UNWTO divulgará um conjunto de recomendações para a recuperação. O documento destacará as medidas que os governos e outras autoridades precisam tomar para mitigar o impacto do COVID-19 no setor turístico e, em seguida, acelerar a recuperação.

A reunião foram delineadas as recomendações da UNWTO. Estas serão complementadas com uma componente dinâmica que visa engajar-se com inovadores em todo o mundo através de um desafio de inovação centrado na resposta do turismo. Lançado com o apoio UNWTO, este desafio identificará novas ideias que podem ser implementadas para ajudar o turismo a voltar ao crescimento sustentável.

Os participantes da reunião de coordenação de dia 19 de março concordaram que este é “um desafio compartilhado que só pode ser enfrentado trabalhando em conjunto, com a recuperação dependente de um esforço conjunto em uma escala nunca vista antes”.

 

Comité Global de Crise do Turismo

Os participantes aceitaram o convite da UNWTO para fazerem parte de um comité de coordenação global que realizará reuniões virtuais regulares para avaliar e avançar as recomendações à medida que a situação evoluir.

As principais agências relacionadas ao turismo da ONU participarão, juntamente com a UNWTO e os principais representantes dos setores aéreo e de transporte marítimo, bem como do setor privado.

Os membros da UNWTO são uma parte fundamental deste comité, com representantes regionais e da presidência do Conselho Executivo.

Das Nações Unidas, o encontro virtual contou com a presença de Gaudenz Silberschmidt Diretor de Saúde e Parcerias Multilaterais da OMS, Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, Dr. Fang Liu Diretor-Geral da ICAO (Organização Internacional da Aviação Civil), e o Secretário-Geral da IMO (Organização Marítima Internacional), Sr. Kitack Lim

Os membros da UNWTO foram representados pelo presidente do Conselho Executivo da UNWTO, Najib Balala, secretário de Turismo e Vida Selvagem do Quênia, e pelos presidentes das Comissões Regionais da UNWTO: para África, Sr. Ronald K. Chitotela, Ministro do Turismo, Zâmbia; para as Américas, Edmund Bartlett, Ministro do Turismo, Jamaica; para a Ásia e o Pacífico, Mohd Daud, Subsecretário de Política turística e Assuntos Internacionais, Malásia, e para o Sul da Ásia, Ali Waheed, Ministro do Turismo das Maldivas; para a Europa, Harry Theoharis, Ministro do Turismo, Grécia; e para o Médio  Oriente, Mohammed Khamis Al Muhairi, Subsecretário de Turismo dos UAE.

As intervenções especiais foram feitas por Reyes Maroto, Ministro do Turismo da Espanha, e por Ahmed bin Aqil Alkhateeb, Ministro do Turismo da Arábia Saudita.

Representando o setor privado estavam a Presidência do Conselho de Membros Afiliados da UNWTO e também a Diretora do IFEMA Ana Larrañaga; Alexandre de Juniac, Diretor-Geral da Associação Internacional de Transporte Aéreo, (IATA); Adam Goldstein, Presidente Global da Cruise Lines International Association (CLIA); Agnela Gittens, Diretora Geral do Airports Council International (ACI), e Jeff Pool do World Travel & Tourism Council (WTTC).

 

UNWTO: https://www.unwto.org