Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Sexta-feira, 18 Junho, 2021

Role para cima

Top

Aceler@Tech organiza 3 dias de debate sobre o futuro do Turismo

Aceler@Tech organiza 3 dias de debate sobre o futuro do Turismo

Depois de nos últimos meses ter selecionado e acelerado algumas das startups mais inovadoras do mundo na indústria do Turismo, o Aceler@Tech in Portugal prepara-se para organizar uma feira virtual para mostrar o que vai mudar no setor e como preparar o futuro.

O “Tourism Tech Summit” tem lugar a 16, 17 e 18 de junho.

 

A inscrição, de carácter gratuito, no evento é realizada no website da iniciativa, em https://tourismtechsummit.com/.

 

O dia de abertura conta com a participação da associação Acredita Portugal, Turismo de Portugal e Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia. A segunda data integra a intervenção dos 20 projetos finalistas da iniciativa Aceler@Tech, em sessões dedicadas a diferentes desafios do setor.

 

  • How AI and Machine Learning will impact the global tourism?Eddy Travels, ChillwallAI, IVI – An AI powered virtual Revenue Management Assistant
  • What are the new trends in reservation services? – Insurion, Victoury, Wheel The World
  • The inevitable future of events industry – MICEtribe, Shuttle Planet, B.A.M Blockchain Ticketing – Tamper-proof and fair
  • How to provide better experiences to the travelers? – Food’n Road, Local Purse, SmartGuide, Look@ – the smart selfie sculpture
  • How will the hotels look like in the future? – Holedo, RevApp, Valpas, WeBee
  • Can VR and livestreaming substitute the real thing? – Hop A Tour LTD, The VR Voyage, Ancient Worlds – Step into History by Lithodomos

Como explica Fernando Fraga, Diretor de Inovação da Acredita Portugal, “o Aceler@Tech tem como objetivo atrair para Portugal a melhor inovação ligada ao Turismo, contribuindo para o aumento da competitividade e inovação do setor. Esta é uma iniciativa com verdadeira dimensão global, como comprovam as três centenas de candidaturas oriundas de todo o mundo. A maior parte dos projetos candidatos são europeus, mas estão representados também países como o Brasil, EUA, Índia, Singapura ou Paquistão.”

“O programa tem em vista potenciar novos negócios baseados em ideias inovadoras e disruptivas no setor do Turismo, apoiando o desenvolvimento de projetos que contribuam para a sustentabilidade económica, social e ambiental e agregando tecnologias e métodos disruptivos que ajudem as empresas a passar dos modelos operacionais tradicionais para tecnologias avançadas e processos mais eficientes”, acrescenta.

De visitas virtuais com imersão em 3D a bilhética para eventos assente em tecnologia blockchain ou experimentação global através da cultura gastronómica, os projetos finalistas desta iniciativa – que vai atribuir mais de 20.000€ em prémios financeiros aos projetos vencedores – prometem inovar este setor vital para a economia do país.