Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Sexta-feira, 23 Julho, 2021

Role para cima

Top

Relatório do Shiji Group: Qual é o estado atual da tecnologia nos hotéis?

Relatório do Shiji Group: Qual é o estado atual da tecnologia nos hotéis?

Qual é o estado atual da tecnologia nos hotéis e o caminho a seguir em um futuro próximo? O Shiji Group divulgou as conclusões de um relatório sobre este tema, em colaboração com a Travel Singularity.

Entre entre as conclusões está que, a partir de 2023, a maioria das infraestruturas tecnológicas dos hotéis será totalmente implantada na nuvem.

No início de 2021, a consultora Travel Singularity foi contratada pelo Shiji Group para realizar um levantamento sobre o estado atual da tecnologia hoteleira, que abordou temas como a localização atual da tecnologia (nuvem versus local), integrações, objetivos tecnológicos, critérios de avaliação, o papel das pessoas e prioridades para o difícil ano que vem.

O objetivo da pesquisa foi mostrar que a retoma da indústria hoteleira é um desafio global que pode ser alcançado colocando a tecnologia certa no centro das operações.

O relatório também mostra que, embora a tecnologia contactless seja uma tendência imparável no momento e mesmo após a pandemia, os hoteleiros ainda estão a pensar em investir em inovação.

As principais conclusões do relatório são:

• A capacidade de aumentar o custo/efetividade e as capacidades da tecnologia são os principais critérios de avaliação para a seleção da nova tecnologia.

• Os hoteleiros querem encontrar um equilíbrio tecnológico. 62% afirmam que uma das principais prioridades é encontrar o equilíbrio certo entre pessoas e tecnologia para operar da forma mais eficiente possível.

• Substituir itens que são frequentemente tocados é uma prioridade para os hoteleiros. Para a pergunta da pesquisa: Quais aspetos da estadia dos hóspedes  pretende digitalizar em 2021?

 70% das respostas foram para  as informações impressas do hotel; 56% para o processo de check-in e check-out; 37% para solicitações de serviço de quarto; e outros 37% para as chaves do quarto.

“Com todas as mudanças que estão a ocorrer no setor como resultado da pandemia COVID-19, encontramos a necessidade de realizar um levantamento sobre a percepção que os hoteleiros têm em relação à adaptação da tecnologia atual, além de olhar para o futuro, depois da pandemia”, diz Kevin King, COO do Shiji Group.

“Em colaboração com a Travel Singularity, o relatório mostra como a pandemia acelerou o surgimento de certas tecnologias, como soluções contactless, e como o setor se recuperará colocando a tecnologia certa no centro das suas operações”, conclui.

 

 

 

Clique no link para ler e o descarregar a TecnoHotel Portugal