Entidades Oficiais

OMT: Turismo no bom caminho para a recuperação total

O turismo internacional continuou a recuperar da pior crise da sua história, com o número de chegadas a atingir 84% dos níveis pré-pandemia entre janeiro e julho de 2023, de acordo com os dados mais recentes da Organização Mundial de Turismo (OMT).

11-10-2023 . Por TecnoHotelPortugal

OMT: Turismo no bom caminho para a recuperação total

O Médio Oriente , Europa e África lideram a recuperação do setor global.

A procura turística continua a mostrar uma resiliência notável e uma recuperação sustentada, mesmo face aos desafios económicos e geopolíticos. A nova edição do Barómetro Mundial do Turismo da OMT acompanha a recuperação do setor ao longo de 2023 até ao final de julho.

O Barómetro da OMT mostra que, no final de julho, as chegadas de turistas internacionais atingiram 84% dos níveis pré-pandemia; 700 milhões de turistas viajaram internacionalmente entre janeiro e julho de 2023, mais 43% do que nos mesmos meses de 2022; e julho foi o mês mais movimentado, com 145 milhões de viajantes internacionais registrados, cerca de 20% do total de sete meses.

O Secretário-Geral da OMT, Zurab Pololikashvili, afirmou: "Os dados da OMT mostram, mais uma vez, como o turismo está a recuperar fortemente em todas as partes do mundo. Mas, à medida que o nosso setor recupera, também precisa de se adaptar. Os fenómenos meteorológicos extremos a que assistimos nos últimos meses, bem como os desafios críticos da gestão do aumento dos fluxos turísticos, sublinham a necessidade de construir um setor mais inclusivo, sustentável e resiliente e de garantir que a recuperação anda de mãos dadas com a reformulação do nosso setor.»

Resultados por região

O Médio Oriente registou os melhores resultados entre janeiro e julho de 2023, com chegadas 20% acima dos níveis pré-pandemia. A região continua a ser a única a ultrapassar os níveis de 2019 até agora.

A Europa, a maior região de destino do mundo, atingiu 91% dos níveis pré-pandemia, apoiada por uma forte demanda intrarregional e viagens dos Estados Unidos.

A África recuperou 92% dos visitantes pré-crise neste período de sete meses e as Américas 87%, de acordo com os dados disponíveis.

Na Ásia e no Pacífico, a recuperação acelerou para 61% dos níveis de chegada pré-pandemia após a abertura de muitos destinos e mercados de origem no final de 2022 e no início deste ano.

O Barómetro Mundial do Turismo da OMT contém resultados por região, sub-região e país, incluindo os destinos com melhor desempenho em termos de chegadas e receitas internacionais nos primeiros sete meses do ano.

 

Variação do ano até à data por região

Estes resultados mostram que o turismo internacional continua bem encaminhado para atingir 80% a 95% dos níveis pré-pandemia em 2023. As perspetivas para setembro-dezembro de 2023 apontam para uma recuperação contínua, de acordo com o último Índice de Confiança da OMT, embora a um ritmo mais moderado após a alta temporada de viagens de junho-agosto. Estes resultados serão impulsionados pela procura ainda reprimida e pelo aumento da conectividade aérea, particularmente na Ásia e no Pacífico, onde a recuperação ainda é moderada.

Espera-se que a reabertura da China e de outros mercados e destinos asiáticos continue a impulsionar as viagens dentro da região e para outras partes do mundo.

O ambiente econômico desafiador continua a ser um fator crítico para a recuperação efetiva do turismo internacional em 2023, de acordo com o Painel de Especialistas da OMT.

A persistência da inflação e o aumento dos preços do petróleo traduziram-se em custos de transporte e alojamento mais elevados. Isso pode pesar nos padrões de gastos no restante do ano, com os turistas buscando cada vez mais custo-benefício, viajando mais perto de casa e fazendo viagens mais curtas.

 
Fonte:  Organização Mundial de Turismo (OMT).

RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.