Experiências

Hotelbeds lança previsão de Ano Novo: 6 novas tendências

Nos dados deste mais recente estudo sobre as tendências para 2023, elaborado pela empresa Hotelbeds, não há abrandamento na vontade impulsiva de viajar com que o ano começou; De facto, as conclusões mostram precisamente o contrário.

07-12-2022 . Por TecnoHotel Portugal

Hotelbeds lança previsão de Ano Novo: 6 novas tendências

A empresa espera, para os próximos 12 meses, um crescimento de 30% acima dos níveis de 2022, tendo em conta as novas tendências incipientes que refletem uma nova forma de viajar onde não só é valorizada uma nova experiência, como também conforto e acolhimento, tanto no processo de reserva como na estadia.
"À medida que levamos vidas mais ocupadas e mais ocupadas, já não temos tempo para reservar cada elemento da nossa viagem separadamente", explica Nicolas Huss, CEO da Hotelbeds.
"Nós, como consumidores, também estamos muito frustrados com o atrito que encontramos. As normas para a experiência dos consumidores continuarão a aumentar. É por isso que as viagens sem atritos vão revolucionar a indústria e os Hotbeds estão a dar passos nesse sentido com a nossa visão de balcão único. Ajuda os nossos clientes a fornecerem tudo o que os seus clientes precisam, ao mesmo tempo que simplificam o processo para que os viajantes possam passar menos tempo a resolver problemas e mais tempo a desfrutar da sua viagem. Esta evolução pode ser abordada de diferentes formas, mas há uma oportunidade para desenvolver uma solução comunitária que possa ter um impacto positivo no ecossistema de viagens. Também pode ser mais sustentável a longo prazo, e é por isso que estamos a expandi-lo através do nosso negócio e a encorajar os nossos clientes a juntarem-se a nós. "

A poucas semanas do início do novo ano, a Hotelbeds lança a previsão de 6 novas tendências que moldarão o ecossistema de viagens em 2023:
 

Viagens impulsivas
Se os últimos dois anos nos ensinaram alguma coisa, não é esperar, não pensar em planos a longo prazo.
As viagens sem muita premeditação continuarão a crescer no próximo ano, à medida que as pessoas priorizam as viagens no seu horário diário.
Os dados da hoteleira mostram um crescimento para o próximo ano, com a análise a sugerir que mais 30% de dormidas serão reservadas em 2023, em comparação com 2022, mostrando que o aumento da inflação não está a impedir as pessoas de viajarem.
Loja de balcão único
O tempo voa e, cada vez mais, o imediatismo torna-se uma prioridade. Isto coloca em valor, mais do que nunca, o conceito de uma única janela; ou seja, ter a facilidade de resolver todas as necessidades que a viagem requer no mesmo espaço telemático.
Esta experiência sem atritos estende-se a todas as áreas que dizem respeito a viagens: desde poder reservar tudo de uma vez, incluindo bilhetes de hotel e parque temático, até passar rapidamente pelo aeroporto usando biometria em vez de digitalizar o seu passaporte para o check-in.
Experiência do Cliente
Os viajantes estão cada vez mais à procura de um serviço personalizado. Já não querem ser o passageiro 17A de um avião ou o quarto 303 de um hotel: encontrar a experiência mais económica já não é uma prioridade para colocar a experiência personalizada em primeiro lugar.
No setor do turismo, os clientes atribuem grande importância à qualidade da experiência, e estão dispostos a pagar mais para terem uma viagem única e realmente adaptados às suas expectativas.
Digitalização
Já assistimos a uma mudança para a digitalização no setor hoteleiro, por exemplo, oferecendo a opção de acesso ao quarto usando o próprio smartphone como chave, e tendo check-in e check-out remoto.
Os hotéis precisam de ter acesso aos dados da atividade em tempo real, para gerir o pessoal, aumentar ou diminuir se necessário e com base na procura. Por exemplo, os dados de ocupação em tempo real podem tornar as governantas mais produtivas sabendo quais as salas a priorizar.
A digitalização também contribui para a sustentabilidade: a utilização de códigos QR e menus digitais não só simplifica o serviço de encomendas, como também tem um impacto positivo no ambiente através da redução do papel.
Soluções fintech para o setor de viagens
A procura de viagens está a aumentar, mas os cancelamentos, atrasos e falta de pessoal continuam a ter impacto nas operações de viagem, criando atrito e stress para os viajantes.
Para as empresas de viagens que lutam para recuperar e expandir a sua quota de mercado no ambiente ainda instável de hoje, a tecnologia de financiamento de viagens oferece soluções convincentes através do congelamento de preços, da rereserva ou do cancelamento e facilmente rereserva voos interrompidos, pagando com métodos de pagamento que consideram adequados.

Os viajantes estão dispostos a pagar pela confiança adicional, e os fornecedores colhem os benefícios de reservas mais diretas e também um novo fluxo de receitas. À medida que a consciencialização e adoção de produtos fintech crescem, os viajantes esperam cada vez mais a opção de definir preços e ganhar paz de espírito.
Esta própria análise da Cloudbeds reflete que as empresas de viagens que fornecem este tipo de comodidades são mais propensas a prosperar no ambiente pós-COVID.
Turismo sustentável
Reciclagem, carros híbridos, redução de plástico... Estas são apenas algumas das formas pelas quais os consumidores reduzem o seu impacto ambiental. Cada vez mais viajantes procuram viagens sustentáveis para que possam explorar o mundo sem o prejudicar.
Combinação de lazer e negócios
O trabalho híbrido e remoto está aqui para ficar, e muitas pessoas já estão aproveitando a possibilidade de se mudar para o teletrabalho de qualquer lugar e combiná-lo com turismo e viagens por prazer.
Barbados foi uma das primeiras a oferecer o selo de boas-vindas, que permite aos visitantes ficar até um ano e agora muitas empresas, incluindo Hotbeds, permitem que as suas equipas trabalhem em qualquer lugar por períodos prolongados, o que também tem mostrado resultados muito positivos no desempenho dos colaboradores.


Revista digital

TecnoHotel Portugal nº23 janeiro/fevereiro2023

TecnoHotel Portugal nº23 janeiro/fevereiro2023

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.