Hotéis

Chefes Miguel Rocha Vieira e Pierre-Olivier Petit assumem gestão F&B da empresa hoteleira AHM

A empresa AHM - Ace Hospitality Management, responsável pela gestão de várias unidades hoteleiras do Grupo Mercan em Portugal, contrata os chefes Miguel Rocha Vieira e Pierre-Olivier Petit para desenvolverem, implementarem e coordenarem conceitos de F&B.

22-01-2024 . Por TecnoHotelPortugal

Chefes Miguel Rocha Vieira e Pierre-Olivier Petit assumem gestão F&B da empresa hoteleira AHM

O objetivo é criar diferentes marcas e identidades gastronómicas, apostando na qualidade, inovação e portugalidade. 

A AHM - Ace Hospitality Management, empresa responsável pela gestão hoteleira de 8 unidades do Grupo Mercan, distribuídas de norte a sul do país, acaba de contratar os chefes Miguel Rocha Vieira e Pierre-Olivier Petit para criarem e gerirem conceitos de F&B em 10 restaurantes, 5 bares, 2 rooftops.

Segundo Mariano Faz, CEO da AHM, a intenção destas duas contratações passa por criar diferentes marcas e conceitos de restauração, com uma identidade própria. “Queremos contrariar a ideia instalada de que os restaurantes e bares de hotéis são sítios formais, caros e exclusivos a hóspedes ou a um público internacional. Pretendemos quebrar essa barreira, criando uma oferta personalizada a cada região, mais próxima da cultura portuguesa, do público português e dos fornecedores locais, proporcionando experiências de restauração singulares, cujos conceitos podem ir do fine dining a uma coffee shop, passando por uma pizzaria.”

Com uma vasta experiência nacional e internacional, Miguel Rocha Vieira e Pierre-Olivier Petit são verdadeiros embaixadores da alta cozinha no mundo, têm perfis diferentes, mas complementares, e vão agora trabalhar juntos pela primeira vez. Pierre estará responsável pela gestão da parte logística e financeira das operações, já Miguel Rocha Vieira permanecerá no terreno, garantindo a qualidade do produto e o acompanhamento das equipas, compostas por um total de 250 colaboradores.

 

“É absolutamente único em Portugal existir um projeto de hotelaria tão alargado e com uma ambição tão grande e interessante em F&B. Já passei por vários hotéis e, tanto em Paris como em Nova Iorque, o desafio é democratizar e tornar acessível a oferta gastronómica dos hotéis, abrindo a porta para a rua, ganhando público e fidelização. A visão da AHM sobre esta matéria foi um fator atrativo e decisivo para abraçar este novo desafio”, sublinha o chefe Pierre-Olivier Petit.

Numa primeira fase, já a partir de março, a dupla de chefes irá intervir nos restaurantes da Casa da Companhia (Porto), Arts Hotel (Porto), Sé Catedral Hotel (Porto) e Fontinha Hotel (Porto), no rooftop, bar e restaurante do Renaissance Porto Lapa Hotel (Porto) e no rooftop do Hilton Garden Inn (Évora).

“Tenho sempre sido associado ao fine dining, mas gosto de me reinventar, de aprender e de fazer coisas diferentes. Criar algo do zero, poder estar presente de norte a sul do país e ter a oportunidade de quebrar este estigma associado aos restaurantes de hotel é algo muito interessante e estimulante. Este investimento vai permitir-nos deixar uma marca no universo da hotelaria em Portugal, penso que 2024 não poderia ter começado da melhor forma”, explica o chefe Miguel Rocha Vieira.

Ao longo de 2024, irão ser inauguradas três unidades hoteleiras, no Porto, Évora e Beja, representando um investimento de 54,6 milhões de euros por parte do Grupo Mercan, do qual a AHM faz parte.

 

Sobre a AHM - Ace Hospitality Management

A Ace Hospitality Management é uma empresa especializada em gestão hoteleira de origem portuguesa, integrada no Grupo Mercan. Fundada em 2019, presta serviços de Gestão e Consultoria em Vendas, Marketing, Compras, Finanças e Recursos humanos. Tem sob a sua gestão hotéis de 5, 4 e 3 estrelas, distribuídas em diferentes zonas geográficas de Portugal.

 

Sobre os Chefes

Pierre-Olivier Petit nasceu e cresceu em Paris formou-se na Ecole Superieur de Cuisine Ferrandi e posteriormente na Johnson & Wales nos EUA. O seu percurso profissional começou no Hotel Ritz em Paris, passou pelas cozinhas de Matignon, a casa oficial do Primeiro Ministro em Paris, tendo passado por vários projetos hoteleiros e de restauração espalhados pelo mundo, como o restaurante La Reserve, em Nova Iorque, Hotel L’archipel Praslin, nas Seicheles, o Hyatt Regency Casablanca, em Marrocos, The Westin & Le Meridien Mina Seyahi Complex Resort, no Dubai e Abu Dhabi, ou o mítico Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, onde além das festas emblemáticas do Copa chefiou o clássico conceito Cipriani e liderou a equipa e abertura do restaurante asiático MEE, alcançando com este projeto uma estrela Michelin em 2015 como Chefe Executivo do Hotel. A viver em Portugal há oito anos, assumiu funções de Diretor de Operações e de F&B no hotel The Oitavos, em Cascais, e, nos últimos 5 anos, no grupo InterContinental com base em Lisboa, tendo participado no rebranding de hotéis da cadeia.

 

Miguel Rocha Vieira é natural de Lisboa e fez a sua formação em cozinha na prestigiada escola Le Cordon Bleu, em Londres. Trabalhou em Inglaterra, França e Espanha, mas foi em Budapeste que, em 2008, assumiu o leme da cozinha do Costes Restaurant e, mais tarde, do Costes Downtown, gerindo simultaneamente o restaurante do Hotel Fortaleza do Guincho, em Cascais. Miguel foi o primeiro chef português a gerir simultaneamente três restaurantes com Estrela Michelin - Fortaleza do Guincho, Restaurante Costes e Costes Downtown – acumulando também a visibilidade como jurado de alguns concursos de cozinha televisivos, como o MasterChef. Em 2022 regressa a Portugal e é convidado para ser responsável por dinamizar um espaço na Doca da Marinha, em Lisboa. Em janeiro de 2024 mergulha num novo projeto profissional.


RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 29 JANEIRO/FEVEREIRO 2024

THPORTUGAL 29 JANEIRO/FEVEREIRO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.