Marketing

Cinco canais de marketing que cada hoteleiro deve aproveitar

Com a dedicação certa e ferramentas básicas, o marketing é um dos grandes aliados em que os hoteleiros podem contar com o aumento, não só as reservas, mas a satisfação dos hóspedes.

13-08-2022 . Por TecnoHotel Portugal

Cinco canais de marketing que cada hoteleiro deve aproveitar

"As viagens estão a passar por uma enorme transformação, liderada por mudanças demográficas, mas a única constante é a concorrência para reservas.                                                                                 A concorrência só vai tornar-se mais intensa à medida que vemos a procura dos consumidores mudar para habitações locais, colocando os hotéis tradicionais em concorrência direta com os arrendamentos de curto prazo", disse Sebastien Leitner, Vice-Presidente de Parcerias Estratégicas da Cloudbeds.

À medida que a indústria muda, tornar-se-á mais importante para os hoteleiros adotarem novas oportunidades de marketing para aumentar a sua visibilidade e gerar mais procura.

Marketing para atrair novos clientes

O marketing é normalmente considerado como algo "agradável de se ter", acrescenta Leitner, pelo que é fácil subestimar a influência que pode ter no fundo. "Se adotarmos algumas estratégias simples que tirem partido dos canais emergentes, o marketing pode ajudar a atrair novos clientes e dar ao seu negócio uma vantagem sobre a concorrência", explica.

Hoje em dia qualquer empresa que queira manter e crescer a sua atividade precisa de investir em marketing e implementá-lo no seu plano global. Não se trata apenas de saber vender, mas de ir mais longe e de compreender o consumidor final para poder oferecer o que precisa no momento certo.

Com esta disciplina, ajudamo-nos a analisar o comportamento dos mercados e consumidores com o objetivo de captar e reter clientes através da satisfação das suas necessidades. Para isso, o marketing apela a diferentes técnicas e metodologias.

Colaboração com a ITH

"Como apontam da Cloudbeds, é uma ferramenta essencial para melhorar a competitividade e rentabilidade das empresas", diz Álvaro Carrillo de Albornoz, diretor-geral do Instituto de Tecnologia Hoteleira. A ITH tem como missão contribuir para melhorar essa competitividade, rentabilidade, qualidade, eficiência e sustentabilidade das empresas ligadas à hotelaria e turismo, pelo que consideramos essencial ajudar-nos com estas soluções para que o setor continue a ser um líder", diz Carrillo de Albornoz.

1 e 2 —S ite e SEO

Como indicado pela ITH e cloudbeds, o marketing deve começar com o website e o SEO, a fim de facilitar as reservas diretas.

Desta forma, o site daunidade hoteleira  tem de ser construído para atrair tanto os hóspedes como os motores de busca. Isto significa descrições, fotos e vídeos convincentes e convincentes, bem como facilidade de navegação, otimização móvel e rico em palavras-chave e tags. Também deve incluir chamadas para a ação, como botões "Book Now" e um widget "Check Availability", bem como incentivos para reservar diretamente.

3 — Publicidade digital

Quanto à publicidade digital, mais do que uma despesa, é um investimento e a única forma certa de chegar aos viajantes online. Para garantir a sua eficácia, orientação a monitorização dos resultados são essenciais.

4 — Reputação online

A gestão de reputação online é uma importante ferramenta de marketing para converter hóspedes. Para isso, os hoteleiros têm de monitorizar e responder a todas as avaliações que mencionam o estabelecimento e solicitar revisões das principais fontes.

5 — Redes Sociais

Na mesma linha das críticas, as redes sociais são uma das fontes de inspiração mais populares para os viajantes. Por isso, a Cloudbeds recomenda que os hoteleiros mantenham a sua presença online para construir uma marca. No entanto, tenha em mente que podem ser demorados e têm um potencial limitado para aumentar as reservas.

Entre 40 e 65% das reservas vêm da fidelização

Hotéis de marca podem gerar entre 40% e 65% das reservas através da fidelização. Na era da digitalização, tudo o que envolve a gestão de relacionamento com o cliente (CRM) passa pela criação de bases de dados e perfis de hóspedes e potenciais clientes para personalizar o serviço e comunicações de marketing, bem como ferramentas de automação que lhe permitem enviar ofertas personalizadas por correio.

Finalmente, o hoteleiro deve valorizar a importância que os meios de comunicação têm quando se trata de chegar aos seus potenciais hóspedes através dos meios de comunicação, bem como das redes sociais. Porque há histórias que valem a pena partilhar e estabelecer uma estratégia de relações públicas é essencial para as levar aos canais apropriados.


RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

TecnoHotel Portugal nº21 setembro/outubro

TecnoHotel Portugal nº21 setembro/outubro

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.