Marketing

Três tendências de marketing turístico que o seu hotel pode aproveitar

O mundo não para de evoluir e o marketing turístico é uma daquelas áreas que está a ter mais transformações desde que entrámos na era da digitalização.

10-11-2022 . Por TecnoHotel Portugal

Três tendências de marketing turístico que o seu hotel pode aproveitar

Redes sociais, conteúdos, marketing de vídeo, posicionamento... Tudo influencia e tudo está interligado criando um ecossistema que deve fluir corretamente.

 

Há três tendências que estão em foco e às quais deve prestar a devida atenção.

 

— TikTok no setor de viagens

Neste momento, todos percebemos o imparável crescimento do TikTok, que já atinge o valor de 1.000 milhões de utilizadores. Apesar de uma grande maioria deles pertencer à Geração Z, isso não significa que não existam perfis com outro tipo de utilizadores na plataforma. De facto, já se observou um aumento significativo das gerações mais maduras.

O grande valor oferecido por esta rede social para os  estabelecimentos turísticos e hoteleiros reside no poder de retenção de utilizadores na plataforma e na sua capacidade de inspirar e converter graças ao uso do vídeo.

É precisamente este meio audiovisual que demonstra uma grande capacidade de retenção e atenção. Hashtags como #TravelTok ou #viaje têm recebido, ano após ano, um maior número de visualizações para ultrapassar 623 milhões no primeiro caso e 3.000 milhões de visualizações para o segundo.

De acordo com o TikTok, "os conteúdos relacionados com viagens tornaram-se um dos favoritos dos utilizadores da plataforma. Estamos muito satisfeitos por ver como cada vez mais marcas do setor estão também a incorporar o TikTok nas suas estratégias de marketing para alcançar um público muito mais vasto e conectar e interagir com ele através de conteúdos inspiradores e extremamente criativos." Como facto interessante, vou dizer-lhe que 92% dos utilizadores em todo o mundo realizam uma ação depois de assistirem a um vídeo no TikTok.

 

— Compras de streaming ao vivo

O streaming ao vivo é uma nova forma de comunicação que está a emergir com uma força tremenda e tem um futuro muito promissor para a área do turismo.

A capacidade de ligar um stream ao vivo onde os espectadores podem conectar-se e ver o que lhes é oferecido ajuda a gerar interação e conversão numa única sessão.

A grande diferença em comparação com o vídeo convencional é o seu dinamismo e autenticidade, o que resulta numa experiência muito mais dinâmica e divertida. No momento da transmissão, o utilizador está focado no que diz e faz, no produto ou serviço que demonstra, por isso as distrações são mínimas.

É aí que se pode oferecer vários incentivos para conversões, aos quais, se adicionarmos o sentimento de urgência, as vendas convertem-se com bastante sucesso.

As empresas notam taxas de conversão próximas de 30%, até dez vezes mais altas se falarmos de e-commerce em comparação com o comércio convencional.

Como estabelecimento hoteleiro, pode usar esta nova ferramenta com vários objetivos em mente. Por um lado, pode fortalecer a sua posição entre os clientes existentes, mas também ajuda a atrair novos, especialmente jovens interessados em formatos inovadores e experiências de compras.

Algumas empresas estão a ver a sua quota de públicos mais jovens aumentar até 20%.

Por outro lado, pode utilizar estas sessões de streaming ao vivo para mostrar as suas instalações, os seus serviços e aumentar o desejo de o visitar, aproveitando esses momentos de máxima atenção para transformar reservas em conversões.

Graças a esta forma de comunicar, as dúvidas desaparecem, ganha-se a confiança dos espectadores e aumenta-se as hipóteses de fazer reservas.

 

— A explosão do podcast

Um podcast é um programa de áudio que pode ser descarregado para um dispositivo digital e reproduzido a pedido. Permite que as pessoas ouçam conteúdos áudio em movimento ou enquanto estão, a exercitar-se  ou a fazer outras atividades.

Os podcasts são acessíveis a partir de muitas plataformas diferentes e podem ser ouvidos através de um computador, smartphone ou outro dispositivo móvel.

E por que devemos prestar-lhes atenção especial? Pelo seu crescimento constante entre todos os segmentos populacionais, mas especialmente entre os millennials (35%) e a gen Z (39%).

 

Os podcasts são muito versáteis e podes abordá-los da forma que te convém. Vou dar-lhe um exemplo. Imagine que o seu hotel está focado em oferecer serviços de termas ou spa e tem uma ótima cozinha baseada em produtos saudáveis. Bem, aqui já teria um mundo incrível cheio de possibilidades de criar conteúdo em formato áudio para ligar os ouvintes que gostam do que o seu hotel lhes oferece, mantendo a sua atenção, tornando-se a sua referência, encorajando-os a querer visitá-lo.

Para isso poderia fazer episódios sobre os benefícios das termas para o bem-estar, como fazer uma massagem perfeita ou como escolher bem que alimentos comer. As possibilidades são numerosas.

O crescimento deste tipo de conteúdo é imparável. Dia após dia, as plataformas de podcasting estão a notar um aumento considerável no número de utilizadores. Além disso, vou dizer-lhe que a Google trabalha para ser capaz de compreender o conteúdo de um áudio e oferecer essa informação em pesquisas por voz, para que este meio possa ser um ótimo aliado para comunicar as suas mensagens, ligar-se aos seus clientes, e claro, posicionar a sua marca usando o recurso auditivo que produz grandes ligações emocionais.

 

Autor: Mabel Cajal, Consultora de Turismo e Marketing Digital

 

 

RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

TecnoHotel Portugal nº22 novembro/dezembro

TecnoHotel Portugal nº22 novembro/dezembro

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.