Outros

Lisboa classificada como uma das melhores cidades do mundo

Classificada em 1º lugar em Portugal e em 43º lugar a nível global, Lisboa está confortavelmente no top 50 das melhores marcas de cidade do mundo, de acordo com o Brand Finance City Index inaugural divulgado no dia 24/5/2023

25-05-2023 . Por TecnoHotelPortugal

Lisboa classificada como uma das melhores cidades do mundo

Classificada em 1º lugar em Portugal e em 43º lugar a nível global, Lisboa está confortavelmente no top 50 das melhores marcas de cidade do mundo, de acordo com o Brand Finance City Index inaugural divulgado hoje. Apresentado pela consultora de avaliação de marcas Brand Finance, o ranking baseia-se num inquérito global a cerca de 15.000 membros do público realizado em Abril de 2023 em 20 países de todos os continentes para medir as percepções das 100 melhores cidades do mundo. O Índice colocou Londres como a melhor marca de cidade do mundo, seguida de Nova Iorque e Paris.

Com uma pontuação de 67,5/100 no Brand Finance City Index, Lisboa, a cidade do Fado, combina a sua arquitectura cativante, o património cultural, a gastronomia, a atmosfera animada e a encantadora música do Fado para fazer de Lisboa um destino apreciado. De acordo com o novo estudo, Lisboa destaca-se internacionalmente pelas suas pessoas e valores, em 11.º lugar, cultura e património, em 14.º lugar, habitabilidade, em 23.º lugar, e sustentabilidade, em 37.º lugar.

Pilar Alonso Ulloa, Directora-Geral da Península Ibérica (Espanha, Portugal) e América do Sul, comentou:

"Uma combinação de factores como o turismo em expansão, a promoção da inovação e da tecnologia, o investimento estrangeiro, o acolhimento de eventos culturais e o compromisso com a sustentabilidade contribuíram para consolidar o estatuto de Lisboa como uma cidade em constante crescimento e projecção global."

 

Para chegar a uma avaliação abrangente das marcas das cidades no ranking, além de medir a familiaridade, os inquiridos foram questionados sobre a reputação geral e a sua consideração pessoal de cada cidade como um local para viver, trabalhar localmente, trabalhar remotamente, estudar, reformar-se, visitar ou investir. A avaliação das preferências ao longo destas sete dimensões foi complementada pelas percepções de 45 atributos subjacentes à marca da cidade, agrupados em sete pilares, como Negócios e Investimento ou Sustentabilidade e Transportes.

Londres coroada como a melhor marca de cidade do mundo

Com uma pontuação de 84,6 em 100, impulsionada pela sua elevada familiaridade entre os inquiridos de todo o mundo, Londres registou percepções de marca mais fortes do que qualquer outra cidade no estudo. A familiaridade é entendida como o conhecimento sobre a cidade adquirido através da exposição repetida ou da experiência directa, e permite formar uma afinidade mais profunda com a sua marca.

David Haigh, Presidente e Director Executivo da Brand Finance, comentou:

"O desempenho excepcional de Londres no Índice pode ser atribuído à sua familiaridade global. Ficando em primeiro lugar nesta medida em particular, Londres tem uma enorme vantagem sobre os seus pares, levando ao seu sucesso na classificação geral como a melhor cidade do mundo. Conhecer uma cidade permite ao público formar percepções positivas sobre ela - reconhecer a sua reputação e considerá-la como o local preferido para viver, trabalhar, estudar, reformar-se, visitar ou investir. Um elevado grau de familiaridade significa uma compreensão mais profunda das suas qualidades e um maior alcance da sua atracção, permitindo à cidade retirar benefícios económicos significativos da migração interna, do investimento e do turismo."

Coroada como vencedora global, Londres ocupa o 1º lugar em duas das sete dimensões-chave - estudar e visitar - bem como nos 4 primeiros lugares em todas as outras dimensões.

Reconhecida como um centro de excelência académica, Londres está classificada como a melhor cidade do mundo para estudar. A capital britânica acolhe universidades de topo, como a University College London, a King's College London, a Imperial College London e a London School of Economics, enquanto prestigiadas escolas de preparação para a universidade, como a Eton e a Harrow, em Londres e nas suas imediações, atraem estudantes de todo o mundo. Não é de admirar que a cidade esteja em primeiro lugar a nível mundial no que respeita a grandes universidades e grandes escolas privadas.

Graças a marcos emblemáticos como as Casas do Parlamento, o Palácio de Buckingham e a Torre de Londres, e a instituições culturais de renome como o Museu Britânico, a Galeria Nacional e a zona de teatros de West End, Londres é um destino turístico de eleição. O facto de Londres estar no topo da classificação mundial como a melhor cidade para visitar é apoiado pelo seu 3º lugar em termos de grandes museus e galerias de arte e grandes teatros e locais de música. A atracção de Londres também pode ser atribuída à sua forte identidade e carácter, em que Londres ocupa o 3º lugar a nível mundial.

Toda a gente quer dar uma dentada na Big Apple, ficando em 2º lugar, apenas atrás de Londres

A cidade de Nova Iorque assegurou o 2º lugar, atrás de Londres, com uma pontuação de 83,0 num total de 100 no Brand Finance City Index. NYC também ocupa o 3º lugar a nível mundial em termos de familiaridade e ostenta o 2º lugar em três das sete dimensões-chave: investir, estudar e visitar.

Amplamente considerada como a capital global das finanças, Nova Iorque ocupa o 2º lugar, apenas atrás de Zurique, como a melhor cidade para investir. Está em primeiro lugar nos atributos de cidade de importância global, fácil de fazer negócios e economia forte e estável, o que explica o seu atractivo para os investidores.

Sede de várias das universidades mais conceituadas do mundo - incluindo a Columbia, a NYU e a City University of New York - a Big Apple foi também reconhecida como a segunda melhor cidade do mundo para estudar, apenas atrás de Londres. É a segunda cidade em termos de grandes universidades e líder em atributos científicos e tecnológicos, ocupa o quarto lugar em termos de grandes escolas privadas, mas fica muito atrás de Londres em termos de grandes escolas com financiamento público, ocupando o 41. De um modo geral, Nova Iorque é considerada a cidade menos acessível da classificação, ocupando o 100º lugar.

Classificada em 1º lugar no que diz respeito a grandes compras, restaurantes e vida nocturna e em 2º lugar no que diz respeito a grandes teatros e locais de música, onde se encontram as lojas da Quinta Avenida e os teatros da Broadway, Nova Iorque faz jus ao seu nome de "cidade que nunca dorme". Como resultado, NYC está classificada como a 2ª melhor cidade do mundo para visitar.

Paris está na moda, classificada em 3º lugar no mundo

Paris completa o pódio, ficando em 3º lugar no ranking com uma pontuação no Brand Finance City Index de 79,7 em 100. Paris também está classificada como a segunda cidade mais familiar do mundo.

Complementando a sua forte pontuação de familiaridade, a 'Cidade do Amor' está também classificada como a 3ª melhor cidade do mundo para visitar. Com uma abundância de atracções de renome, incluindo a Torre Eiffel, o Museu do Louvre e o Moulin Rouge, Paris obtém, sem surpresa, melhores resultados do que qualquer outra cidade no pilar Cultura e Património, ocupando o 1º lugar a nível mundial em termos de arquitectura bonita, grandes museus e galerias e grandes teatros e locais de música. A capital francesa também tem um bom desempenho no pilar Pessoas e Valores, ocupando o 2º lugar a nível mundial por ser aberta e acolhedora, divertida e ter uma forte identidade e carácter, mas ficando para trás no pilar Ser Amigável, onde ocupa o 25º lugar - talvez em linha com os estereótipos.

Zurique lidera as classificações como a melhor cidade do mundo para trabalhar localmente, trabalhar remotamente, investir e reformar-se, mas a baixa familiaridade prejudica o seu alcance

Zurique é um destino altamente desejável para trabalhar localmente, trabalhar remotamente, investir e reformar-se, ocupando o primeiro lugar em cada dimensão. A cidade obtém resultados excepcionalmente bons em termos de reputação (4.º) e consideração (1.º) quando se consideram todas as sete dimensões combinadas, mas uma pontuação baixa em termos de familiaridade (53.º) impede-a de obter um lugar mais alto na classificação geral do Brand Finance City Index (17.º).

David Haigh, Presidente e Director Executivo da Brand Finance, comentou:

"Zurique é um excelente exemplo de uma marca de cidade bem sucedida na conversão da familiaridade e das percepções em reputação e, em última análise, em consideração. Mais do que noutras cidades, aqueles que conhecem Zurique sentem-se persuadidos pelo seu apelo como destino, especialmente para trabalho, investimento e reforma. Tal como as marcas de relógios suíços, Zurique é uma "marca de cidade de luxo" - com uma menor familiaridade entre o público, mas uma elevada consideração entre aqueles que a conhecem bem. A contrapartida deste posicionamento é um alcance mais modesto do que o de marcas de cidades mais populares, como Londres, Nova Iorque ou Paris."

 
 

RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.