Distribuição

4 estratégias para vender reservas de última hora

A pandemia global acelerou a transição para o marketing digital, relegando para segundo plano os métodos tradicionais de promoção turística.

05-06-2024 . Por TecnoHotelPortugal

4 estratégias para vender reservas de última hora

Hoje, ferramentas como a inteligência artificial (IA) e as redes sociais tornaram-se pilares fundamentais para as marcas turísticas, permitindo-lhes expandir o seu alcance e atrair eficazmente quem planeia as suas férias a curto prazo.

Assim, para conseguir reservas de última hora, dos viajantes mais atrasados ​​e dos que mais improvisam, estas são as estratégias para atraí-los:

Gere conteúdo visual atraente

O conteúdo visual é uma ferramenta essencial para captar a atenção dos viajantes. Redes como Facebook, YouTube ou Instagram oferecem janelas virtuais para destinos distantes e aventuras emocionantes ao nosso alcance a partir do nosso telemóvel ou computador. Neste último, a hashtag #travel é uma das mais utilizadas e conta com mais de 300 mil publicações. A autenticidade é a chave para a criação de conteúdo visual impactante. Imagens que refletem a verdadeira essência de um lugar e as experiências reais dos viajantes geram uma conexão forte. Pense que cada foto que você envia é uma oportunidade de estar na lista de desejos deles.

 

Apareça na linha do tempo deles até ganhar a confiança deles

Segundo um estudo da SiteMinder, as redes sociais influenciam 60% das viagens realizadas pelos espanhóis. Através das redes sociais e de interações bidirecionais, as marcas podem criar uma conexão real e confiável. A comunicação direta, autêntica e humana da marca, através de conteúdos próprios e experiências pessoais, cria um vínculo muito mais credível e próximo e constrói relações altamente valiosas com os viajantes.

 

Fala omnicanal e em vários dispositivos

Não há mais discussão sobre se é celular ou computador. O cliente é omnicanal e multidispositivo, portanto, a otimização para dispositivos móveis é uma prioridade num ambiente onde os viajantes consultam e reservam em qualquer lugar. A otimização móvel vai além da estética; Segundo um estudo da Contentsquare, metade dos visitantes abandonam se a página demorar mais de 2 segundos a carregar, o que não beneficia a obtenção de reservas de última hora, pelo que a velocidade de carregamento em todos os dispositivos é essencial.

Além disso, a geolocalização em tempo real também é fundamental no desenvolvimento de dispositivos móveis. As marcas podem aproveitar e oferecer informações de interesse com base na localização do usuário, mostrando ofertas e atividades próximas.

 

Faça da Inteligência Artificial s a ua aliada

A inteligência artificial transforma o planejamento de viagens ao antecipar as necessidades dos viajantes, oferecendo experiências personalizadas que se alinham aos seus gostos e interesses. Esta abordagem tecnológica não só melhora a experiência do utilizador, mas também reforça a capacidade das marcas de responder às expectativas de forma mais eficiente.

A adaptação a estas novas tecnologias e métodos digitais é essencial para as empresas turísticas que pretendem manter-se competitivas neste mercado em constante mudança. Algumas marcas turísticas, como NH Hoteles e Andorra Turismo, estão na vanguarda da inovação no marketing turístico, através da colaboração com a empresa Nivoria. Num mercado tão competitivo, a rápida adaptação às expectativas digitais dos consumidores não é apenas uma opção, mas uma necessidade predominante.

 

 

Foto: Unsplash/CCO Public Domain


RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.