Distribuição

Cidades do interior são os hotspots de verão mais inesperados em Portugal

Os destinos de verão não tradicionais do interior mostraram o maior crescimento nas buscas de hóspedes dispostos a viajar neste verão de 2022, em comparação a 2019.

24-08-2022 . Por TecnoHotel Portugal

Cidades do interior são os hotspots de verão mais inesperados em Portugal

A Airbnb revela hoje os destinos em Portugal que romperam as listas de destinos tradicionais e surgiram como cenários inesperados para o verão, ajudando os anfitriões a beneficiar da dispersão turística e a suportar o aumento do custo de vida.

Sul, no distrito de Viseu, emergiu como um dos destinos mais desejados depois de mostrar o maior crescimento nas buscas feitas pelos hóspedes portugueses no primeiro semestre de 2022. Outros locais não tradicionais de verão, no interior, como a Lousã (Coimbra), Alqueva (Évora) e Grândola (Setúbal), mostraram um crescimento exponencial.

Se olharmos para as reservas efetivas, as pequenas cidades costeiras e do interior conseguiram chegar ao topo. Reguengos de Monsaraz (Évora), Esposende (Braga) e Moncarapacho (Faro) registaram um aumento significativo de reservas para o mesmo período.

 

Novas áreas em destaque e listagens únicas, novas oportunidades económicas

O aparecimento destes destinos menos conhecidos como novos hotspots inesperados mostra como a Airbnb está a contribuir para ajudar a redistribuir o turismo e criar novas oportunidades económicas para os anfitriões, numa altura em que a inflação crescente tem causado impacto nas finanças pessoais.
A Airbnb partilhou recentemente um novo relatório que destacou uma forte correlação entre o aumento da inflação e a adesão de novos anfitriões à Airbnb, à medida que as famílias procuram aumentar os seus rendimentos para poderem suportar o aumento do custo de vida. 

Em Portugal, dados recentes revelaram também que os viajantes estão à procura de recantos que combinem uma grande localização com uma arquitetura peculiar ou espaços pouco usuais. Os ganhos para estadias únicas eram mais elevados do que para estadias regulares, com o típico anfitrião de uma listagem única em Portugal a ganhar 4800 euros em 2021. 

O típico anfitrião português ganhou pouco mais de 4.100 euros em 2021 ao alugar o seu espaço na Airbnb. A grande maioria dos anfitriões são pessoas regulares, e 71% dos anfitriões portugueses partilham apenas um anúncio na plataforma. Quase 70% dizem também que o alojamento não é a sua ocupação principal3.

 

De Portugal para Espanha e vice-versa

Ao viajar para fora, os portugueses estão a optar por destinos banhados pelo mar. Espanha é definitivamente o país mais desejado para viajar para os portugueses, com oito localidades entre os 10 destinos mais procurados: Ibiza, Palma, Santa Cruz de Tenerife ou Isla Cristina. Outros lugares que mostraram mais crescimento nas buscas por portugueses versus 2019 foram a Grécia (Corfu) e Itália (Bari), surgindo como alguns dos mais recentes 10 destinos mais procurados no estrangeiro por portugueses.

E vice-versa, os destinos portugueses também reinaram no ranking espanhol, com Cascais, Portimão, Aveiro ou Nazaré a mostrarem o maior crescimento nas buscas entre os espanhóis que queriam viajar para o estrangeiro.

Para qualquer pessoa interessada em alojamento, ainda há tempo: os novos anúncios que foram ativados e reservados no 1º trimestre de 2022 estão a ser reservados mais rapidamente em comparação a 2021 e os futuros anfitriões podem saber mais sobre quanto poderiam ganhar ao partilhar o seu espaço na Airbnb através da ferramenta What's My Place Worth. A ferramenta interativa calcula o rendimento estimado com base na geografia, tipo de listagem e utiliza os dados de reserva anteriores da Airbnb na área.

 

Para mais informações, visite airbnb.com/host.

 

 

Sobre a Airbnb

A Airbnb nasceu em 2007, quando dois dos seus fundadores acolheram três hóspedes no seu apartamento de São Francisco. Tem crescido significativamente desde então e conta agora com mais de 4 milhões de anfitriões que partilharam o seu alojamento com mais de 1 bilião de viajantes em quase todos os países do mundo. Todos os dias, os anfitriões oferecem estadias e experiências únicas que permitem aos viajantes ligarem-se às comunidades de uma forma mais autêntica e próxima.


RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

TecnoHotel Portugal nº21 setembro/outubro

TecnoHotel Portugal nº21 setembro/outubro

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.