Gestão

Sustentabilidade, digitalização e CX precisam de talentos específicos

A indústria do turismo está passando por uma mudança radical graças à digitalização, experiência do cliente e mudanças em suas preferências.

20-06-2023 . Por TecnoHotelPortugal

Sustentabilidade, digitalização e CX precisam de talentos específicos

A Catenon, multinacional espanhola de busca de talentos, afirma que este novo paradigma exige novos perfis que permitam manter o ritmo de crescimento do mercado e melhorar a experiência do usuário.

A tecnologia digital está a transformar os negócios turísticos, gerando oportunidades para a criação de novas empresas e pressionando as atuais empresas a adaptarem-se e inovarem de forma ágil, rápida e sustentável. A diferenciação é fundamental para atrair clientes, e a captação e retenção de talentos é essencial para o desenvolvimento de novas iniciativas no atendimento e atendimento ao cliente.

Para Íñigo Pérez, diretor executivo da Catenon, no setor de turismo há um grande crescimento na procura por novas posições, o que leva  os profissionais a serem altamente valorizados e há um "roubo de talentos" que é importante levar em conta. "Uma concorrência que ocorre entre grandes grupos espanhóis e também grandes empresas internacionais", esclarece.

Especialistas em digitalização e CX

A tecnologia digital está a mudar radicalmente os alicerces do negócio turístico, gerando oportunidades para a criação de novas empresas e, ao mesmo tempo, fomentando uma forte pressão sobre as empresas atuais, que precisam de se adaptar e inovar de forma ágil, rápida e sustentável. Um contexto onde a diferenciação é fundamental para atrair clientes e onde a captação e retenção de talento é também essencial para o desenvolvimento de novas iniciativas de atenção e serviços aos utilizadores.

Neste contexto, os profissionais mais requisitados são os relacionados com a digitalização do negócio e a experiência do cliente (CX). A digitalização vai desde a conectividade e entretenimento extremos, até a automação de atenção,  serviços e comércio eletrônico. Os usuários precisam ver seus desejos resolvidos de forma transparente e sem atritos. Portanto, a transformação digital é uma realidade imediata.

Como referimos há alguns dias no debate organizado pela Cloudbeds, a tecnologia digital está a mudar radicalmente as bases dos negócios turísticos gerando oportunidades para a criação de novas empresas e também coloca grande pressão sobre as empresas atuais, que são obrigadas a adaptar-se e inovar de forma rápida e ágil.

Porque as grandes empresas procuram diferenciar-se, criar novas iniciativas e transformar os seus destinos nos mais atrativos e consequentemente crescer.

 

Especialistas em sustentabilidade

A natureza e o ambiente são fundamentais no desenvolvimento de grandes estratégias turísticas. Os empreendedores estão comprometidos com esse novo paradigma que reforça as políticas de governança corporativa e social, por isso o ESG (Environmental, Social and Governance) é uma prioridade para todos eles. A procura de profissionais com experiência nesta área é muito ativa. A sustentabilidade é essencial para a indústria do turismo e procura-se pessoal altamente qualificado em áreas como a gestão de resíduos ou a gestão da sustentabilidade.

"E como exemplo podemos falar do grupo Iberostar", diz Pérez, "que desenhou um programa sofisticado neste campo para eliminar plásticos, ser neutro em carbono, trabalhar com proximidade alimentar Km0, especialmente pensando nas gerações atuais e futuras. É um grande exemplo de trabalho nesta área e da dedicação da sua equipa de gestão, que está a preparar importantes novidades que serão uma referência no mercado mundial."

A procura de diretores de sustentabilidade ou gestão de resíduos estão em alta procura e certamente será um capital humano altamente valorizado em todo o mundo. "Hoje é preciso construir um hotel do zero sob todos esses valores de sustentabilidade e é algo muito diferente de dois anos atrás", diz Iñigo Pérez.

 

Em conclusão, o setor do turismo está a passar por uma mudança significativa para um modelo mais digital, experiencial e sustentável. As empresas de turismo precisam se adaptar e inovar de forma ágil e rápida para poder competir no mercado. Os profissionais mais procurados são os relacionados com a digitalização do negócio e a experiência do cliente. Além disso, a natureza e o ambiente são fundamentais no desenvolvimento de grandes estratégias turísticas, pelo que se procura pessoal altamente qualificado nestas áreas.


RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 29 JANEIRO/FEVEREIRO 2024

THPORTUGAL 29 JANEIRO/FEVEREIRO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.