Tecnologia

Seis princípios para ajudar os líderes a construir ciber-resiliência na jornada para a transição energética

A Check Point Software Technologies aliou-se a líderes da área de utilities e governamentais no Fórum Económico Mundial para elaborar um guia para uma Transição Energética Ciber-Resiliente de Baixas Emissões

29-04-2023 . Por TecnoHotel Portugal

Seis princípios para ajudar os líderes a construir ciber-resiliência na jornada para a transição energética

Tendo como foco o Dia Mundial da Terra 2023, a Check Point Software Technologies juntou-se a líderes de cibersegurança, empresariais e políticos no Fórum Económico Mundial para publicar um guia para a Transição Energética Ciber-Resiliente de Baixas Emissões.

Apesar de um conjunto de esforços ao nível dos sistemas de iluminação e de arrefecimentos automáticos, a cibersegurança não pode ser esquecida na hora de garantir um futuro sustentável.

Estes são os seis princípios que vão ajudar os líderes na construção da ciber-resiliência na jornada de transição energética:

Preparar a estrutura do sistema energético para enfrentar as ameaças emergentes: Uma análise da Check Point Research revelou que houve um aumento de 17% este ano, face a 2022, dos ciberataques ao nível dos serviços públicos globais. Os riscos podem ser mitigados através da construção de sistemas com soluções de cibersegurança;
Investir capital para benefícios a longo prazo: A construção de sistemas de energia limpa exige custos iniciais de capital, mas reduz o risco para instalações, infraestruturas críticas e cadeias de fornecimento. Estes investimentos iniciais podem ser recuperados ao longo dos anos;
Navegar pelo panorama regulamentar: É de extrema importância compreender o ambiente regulador e político global e local e a forma como as entidades e organismos encaram a cibersegurança. Da União Europeia ao Japão, passando pelos EUA e outros países, os líderes estão já a agir a este nível;
Governação ciber-resiliente para a transição energética: Os novos sistemas, fruto da transição para as energias renováveis, requerem modelos de governação construídos à base da confiança. Esta estrutura de governação deve abordar a cibersegurança e ajudar a construir a ciber-resiliência;
Construir as bases para um ambiente empresarial inovador:As empresas devem demonstrar a força da sua cibersegurança e ciber-resistência como um ponto de venda único, permitindo aos líderes criarem e manterem um ambiente empresarial com base na confiança para a sustentabilidade empresarial;
Forte capital humano: É fundamental manter a atual força de trabalho cibernética; requalificar e formar os trabalhadores em funções de cibersegurança e educar os jovens para carreiras cibernéticas.

 

Fonte: www.smartplanet.pt


RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.