Entidades Oficiais

Porque razão a ONU Turismo não publicou ainda os dados de 2023?

A ONU foi fundada em 1945, em São Francisco, após a Segunda Guerra Mundial. Cinquenta países comprometeram-se a manter a paz e a segurança internacionais, a promover relações amistosas e a promover o progresso social.

09-04-2024 . Por TecnoHotelPortugal

Porque razão a ONU Turismo não publicou ainda os dados de 2023?

Desde 1948 está sediada em Manhattan e entre as suas organizações setoriais fundou a Organização Mundial do Turismo em 1975.

Mas anteriormente, no Primeiro Congresso Internacional das Organizações Nacionais de Turismo, reunido em Londres em 1946, foi decidida a criação de uma nova organização internacional de natureza não governamental e de âmbito universal para substituir a antiga UIOOPT criada em 1934.

 

E neste 2024, mudará o nome para “ONU Turismo”. É uma organização internacional cujo objetivo é promover o turismo. Em 1977, foi assinado um acordo que formalizou a colaboração com as Nações Unidas, tornando-se uma agência especializada desde 2003, dependente do Conselho Económico e Social das Nações Unidas.

A sua sede está em Madrid desde 1975 e conta com 160 estados membros, 6 territórios e mais de 500 membros do sector privado, instituições de ensino, associações de turismo e autoridades locais do sector.

Esta organização internacional é a mais alta autoridade supranacional que coordena e trabalha com os países membros. Os seus principais objectivos são estimular o crescimento económico e a criação de emprego, incentivar a protecção do ambiente e do património dos destinos e promover a paz e a compreensão entre todas as nações do mundo através do turismo.

As Nações Unidas reconhecem a ONU Turismo como a organização competente para recolher, analisar, publicar, normalizar e melhorar as estatísticas do turismo, e para promover a integração destas estatísticas no sistema das Nações Unidas.

 

O Barômetro Mundial do Turismo é um relatório elaborado pelo Grupo de Especialistas da Organização, que é publicado três vezes por ano. Recolhe dados relevantes para o turismo, avaliando os resultados para fornecer informações atuais sobre o setor do turismo em todo o mundo.

Entre eles está o ranking de países com entrada de viajantes estrangeiros e uma infinidade de outros dados. Este ano, que entra agora no quarto mês, ainda não foi publicado este barómetro, que é fundamental para a análise destas correntes neste sector que já representa 12% do PIB mundial.

Anualmente, nas últimas décadas, o país que mais turistas estrangeiros tem recebido tem sido a França e tem sido seguido em diferentes ordens consoante os anos: Espanha, EUA e China.

Em 2023, as previsões anunciavam que pela primeira vez na história a Espanha poderia superar a imbatível França. E os resultados que todos aceitamos anualmente no mês de janeiro não foram publicados este ano.

Esta curiosidade de vital importância chama a nossa atenção e a sua demora faz-nos pensar coisas diferentes.

Gostaríamos que um longo atraso fosse justificado, mas adoraríamos conhecer este relatório do turismo internacional.

 

 

Autor: Miguel Ángel González Suárez é presidente da Federação Mundial de Jornalistas de Turismo da Espanha (FIJET Espanha) desde 2018.

 

RECOMENDADO PELOS LEITORES

Revista digital

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

THPORTUGAL 31 MAIO/JUNHO 2024

Newsletter

Seja o primeiro a receber todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.