Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

TecnoHotel | Sábado, 5 Dezembro, 2020

Role para cima

Top

Como projetar um plano de transformação digital realista

Como projetar um plano de transformação digital realista

Quando falamos sobre transformação digital na era pré-Covid-19, considerávamos isso como algo a fazer no futuro, mas que se ia adiando. Como quando depois do Natal dizemos que temos de ir ao ginásio.

As empresas que o fizeram eram vistas quase como aberrações. Mas agora tudo mudou. Temos que transformar digitalmente a nossa empresa. Mas por onde começamos? 

Durante os meses de maio, junho e julho, junto com Tirso Maldonado e outros mentores, tive a oportunidade de desenhar e trabalhar com uma metodologia simples e ágil para implementar Planos de Transformação Digital (PTD) 

em mais de 100 PME espanholas. Nos parágrafos seguintes definimos como deverá ser este PTD para uma PME. 

Para a sua implementação, concentrámo-nos em oito blocos de transformação digital: o cliente, processos, metodologias ágeis, inovação, cultura digital, tecnologia, modelos de negócios digitais e marketing. 

Em primeiro lugar, devemos fazer um autodiagnóstico simples da situação atual da empresa e um estudo das principais empresas do setor com que concorremos. 

Depois de se conhecer o negócio e as possibilidades que a transformação digital lhe oferece, são definidos os objetivos de curto, médio e longo prazo. Com objetivos claros, a definição estratégica do plano deve ser definida: a buyer persona, o modelo de negócio, a cadeia de valor e a experiência do cliente. 

Depois de ter concluído os exercícios de modelagem e definição dos objetivos da estratégica, definimos um plano de ação ágil que inclui os recursos necessário, para realizá-lo.

Sem esquecer a importância da segurança e privacidade da informação.

Tudo de forma simples e com ações concretas para que a execução seja ágil.

Fase 1: Estado inicial de onde a empresa de turismo parte

Antes de iniciar o projeto identificamos a situação atual do processo da transformação digital na empresa.

Posteriormente, estudamos a estratégia, modelos de negócios e produtos oferecidos pela concorrência e outras empresas inovadoras do setor do turismo. Desenvolvimento de uma ecrã setorial onde são  recolhidos os elementos de

destaques do modelo de negócio setorial. Isso dá-nos uma visão geral da situação do setor.

Fase 2: Objetivos da transformação digital de uma PME do turismo

É fundamental saber quais são os objetivos que a empresa procura no processo de

transformação digital. Onde quer ir e o que deseja alcançar. 

Os objetivos devem ser estruturados em três blocos:

• Experiência do cliente.

• Processos operacionais.

• Modelo de negócio.

Fase 3: Definição estratégica do plano de transformação digital

Primeiro, devemos saber quem são os nossos clientes e a quem queremos  dirigir-nos. Identificamos arquétipos de clientes, desenhamos mapas de empatia, modelamos o negócio com base na metodologia Tela RoundCube, investigando a proposta de valor. Uma vez que sabemos quem é  a buyer persona e o modelo de negócios, definimos a cadeia de valor do negócio e usamos diagramas de alinhamento para trabalhar a experiência do cliente (CX).

Fase 4: Ecrã de transformação digital DWP

Definição do processo de transformação digital com base nos oito blocos principais, que são:

• Cliente como centro (cliente interno e externo)

• Engenheira de processos

• Metodologias ágeis

• Inovação

• Cultura digital e liderança

• Tecnologia e Indústria 4.0

• Negócio digital

• Marketing digital

Fase 5: Plano de ação para uma implementação ágil

Quando tivermos definido os objetivos e escopo do PTD, o projeto é planeado usando metodologias ágeis de desenvolvimento de projetos que hoje são usados ​​pela maioria das startups.

Estão incluídos:

• Recursos disponíveis

• Ferramentas e tecnologias para implementar

• Presença online e marketing digital

• Roteiro e implementação ágil

• Gestão da mudança e liderança:

– Equipe

– Formação necessária

– Promoção da cultura digital

• Finanças e controle

Fase 6: Segurança e privacidade da informação

Num mundo cada vez mais complexo digitalmente, a segurança  tornou-se um elemento chave para evitar surpresas no processo de transformação digital da organização, portanto, devemos planear como proteger as informações e o ambiente digital da nossa organização.

Portanto, e para terminar, transformar digitalmente uma empresa não é digitalizar os processos e passar da calculadora para a computador, é muito mais profundo.

Apenas as empresas que começam a definir agora que há tempo para pensar no seu Plano de Transformação Digital, a partir das pessoas que devem executá-lo, poderão olhar para o futuro com sucesso. Um futuro onde o cliente muda radicalmente a forma de fazer as coisas todos os dias e onde tudo é cada vez mais digital.

 

Sobre o Autor

Jimmy Pons é um especialista em inovação turística, mindfulness executivo, soft

habilidades em turismo ou inteligência emocional. Cofundador da RoundCubers.

www.roundcubers.com